PORTAL UTP

O futuro do jornalismo em mesa temática no 24º Seminário de Pesquisa e 19º Seminário de Iniciação Científica Tuiuti

A mesa coordenada pela professora doutora Kati Caetano, no 24º Seminário de Pesquisa e 19º Seminário de Iniciação Científica da Universidade Tuiuti do Paraná, que acontecerá nos dias 5 e 6 de novembro, abordará os desdobramentos e novas vertentes do jornalismo, tendo como ponto de partida a discussão da obra do autor e pesquisador espanhol Ramon Salaverría sobre as sete tendências para o jornalismo do futuro. Salaverria é professor e diretor do laboratório multimídia da Universidade de Navarra na Espanha, um estudioso sobre o webjornalismo e sobre quais caminhos o jornalismo irá percorrer no futuro.  

A mesa está estruturada em duas partes: a primeira, com a abordagem das injunções sobre currículos, atividades e conceitos operadas sobre os cursos de jornalismo em face dessas transformações. Para isso foram convidados a Professora. Dra. Suzana Barbosa, diretora da FACOM/UFBA, membro do GJOL- Grupo de pesquisa em jornalismo online e docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da mesma instituição; em seguida, Professora. Dra. Zaclis Veiga, coordenadora do Curso de Jornalismo da Universidade Positivo (Curitiba) e Professor Dr. Fábio Witzki, coordenador do Curso de jornalismo da Tuiuti. 

Na segunda parte, os alunos do doutorado do PPGCOM – UTP (Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens da Tuiuti),  Márcia Boroski e Fernando Artur de Souza, aprofundam duas direções aparentemente opostas: a primeira com o estudo da reinserção do preto e branco no jornalismo atual e o segundo com uma nova categoria de premiação do World Press Photo, a imagem de projetos longos. Ricardo Uhry busca examinar, na interface entre a criação humana e os algoritmos, o processamento das combinatórias imaginativas; e a mestranda Elaine Polo Fortunato traz o aspecto do jornalismo global preconizado por Salaverría em um de seus necessários desdobramentos, a tradução da informação pela Libras (língua brasileira de sinais) com uma necessidade que se impõe à proclamada inclusão e acessibilidade. 

A mesa acontece no dia 06 de novembro, sexta-feira, às 19 horas. 

 As informações para participação serão divulgadas em data mais próxima do seminário. 

[Mensagem cortada]  Exibir toda a mensagem