PORTAL UTP

Luz e ciência

Por Ana Maria Melech

A temática do 25º Seminário de Pesquisa e do 20º Seminário de Iniciação Científica da Universidade Tuiuti do Paraná é a análise do momento que vivenciamos na educação e na ciência nestes tempos de pandemia, enfim, como a tecnologia nos trouxe a proximidade a vivência comunicativa, tão essencial para as práticas dialógicas. Neste sentido o professor de fotografia e design, Daniel Oikawa, foi convidado para participar dos materiais de divulgação do evento.

Daniel nos brindou com uma obra fotográfica que exprime nosso cotidiano. Da luz que nos ilumina e nos guia rumo a nossos ideais, a imagem do fotógrafo traduz, a partir do singelo referencial, nossas angústias e desejos de tornar estes tempos em tempos de normalidade.

O uso do Ring Light na imagem revela a experiência do fotógrafo nas salas de aula presenciais e remotas. Há 15 anos, 9 dos quais na Universidade Tuiuti do Paraná, Daniel Oikawa se dedica ao ensino da fotografia. Formado em Design Gráfico, foi na fotografia que descobriu seu caminho. “Minha primeira câmera, uma amadora analógica, foi presente da minha mãe, ao voltar do Japão, quando ainda era adolescente” conta.

A pós-graduação em fotografia foi mais que um empurrão para área, pois já comprava revistas, produzia imagens e participava de workshops de fotografia. Lá, descobriu o caminho para a docência, a partir do qual o mestrado foi consequência.

Com a pesquisa: Ponto de Convergência: A câmera do smartphone como catalisadora da produção de imagens do cotidiano do usuário amador, Daniel explora a intensificação fotográfica a partir do olhar da sociedade. A dissertação foi defendida no Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens, do setor de Letras da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná).

Realize sua inscrição aqui