PORTAL UTP

Alunos da UTP escolhem looks para evento de moda

Alunos da graduação em Design de Moda participaram ontem (8/7) da 2ª temporada do LabModa 2019. Na ocasião, eles escolheram peças das labs e montaram seis looks para a vitrine. Com muito brilho, ousadia, atitude e pegada sustentável. Tudo a ver com os conceitos propostos de identidade, qualidade e sustentabilidade. O evento reúne novas marcas curitibanas que ocupam a plataforma criativa com roupas e acessórios autorais.

No total, foram selecionados três estudantes. A participante Alexandra Hayashi, aluna do 7º período, elogiou a iniciativa. “O Lab foi uma experiência muito especial, porque com a parceria da Tuiuti pudemos experimentar na prática a teoria que aprendemos na sala de aula. A iniciativa agregou bastante valor a nossa carreira”, disse.

A professora Neli Rodrigues viu a proposta como um desafio capaz de aproximar os alunos do mercado de trabalho. “Eles passaram nos stands das marcas expositoras e selecionaram peças para fazer um composê para a vitrine. Durante a montagem eles conseguiram ver bem como é o desenvolvimento de uma coleção, qual tipo de material usar”, conta. A professora Eunice Valente também esteve presente orientando os alunos sobre as produções, que ficaram “incríveis e versáteis”, pontuou.

Além da exposição de roupas e acessórios terão no evento desfiles, performances, shows. “O nosso principal objetivo é valorizar as marcas participantes, a fim de estimular a economia local e o consumo consciente. Tudo isto embalado em um clima de festa, como pede um evento de moda”, esclarece Rafael Perry, diretor do LabModa. Ainda na ocasião, ele avaliou a vitrine criada pelos nossos alunos e foi só elogios. “Temos looks aqui que a pessoa pode comprar e já sair usando. Parabéns a todos os envolvidos”, destacou.

Aline Bussi, designer  representante local do Fashion Revolution, acrescenta que o cenário fashion em Curitiba está em constante evolução. “Encontramos desde o ateliê de moda festa, que mantém o trabalho sob medida tradicional, até marcas que estão introduzindo tecnologia em seus produtos e em modelos de negócios. Muitas surgiram por iniciativa de empreendedores que vieram de outras áreas e que sentiram necessidade de se aventurar e desenvolver um produto, um acessório ou coleção de vestuário. Eles encontraram seu nicho de mercado e estão escrevendo trajetórias interessantes”, comentou.

A organização do evento também criou a Jornada de Moda Autoral. A proposta reunirá um time de estilistas e designers para escolher três marcas expositoras do evento que terão seus looks expostos e comercializados por duas semanas na loja Gallerist do Pátio Batel, a partir do dia 15 de julho, dando oportunidade para o estilista entender o apelo comercial de sua marca e traçar um modelo de negócio promissor. As marcas e estilistas ganhadores terão seus nomes revelados no dia 11 de julho, durante o talk sobre a Jornada da Moda Autoral, com a presença dos curadores e de Rafael Chaouiche, estilista que lançou sua primeira coleção durante a 8ª edição do LABModa.

O evento vai até o dia 14 de julho, no piso S1 do Pátio Batel. A temporada 2019 do LABModa, que iniciou dia 25 de julho,  tem surpreendido o público com a qualidade da curadoria de moda, bate-papos inspiradores, performances criativas e boa música. O evento conta com iluminação de Beto Bruel e cenografia do arquiteto e designer Felipe Guerra, que assinou a primeira edição do LABModa no Pátio Batel em 2015. A marca LABModa, que completa oito anos, evoluiu para um formato que passeia entre o consumo consciente, a arte e o entretenimento.

0 Comentários

Sem comentários

Post a comment